Cabelos

Nós de Fada: o que são e como evitar?

nós de fada: o que são

Você conhece os nós de fada? Apesar do nome fofinho, esse é um incômodo muito comum e que costuma render algumas dores de cabeça às apaixonadas por cabelos. Se você quer saber mais sobre esses pequenos nós, o que os causa, como tratar e como evitar, vem com a gente! O post de hoje vai te guiar por um mundo mágico, onde os nós de fada não têm vez!

O que são os nós de fada?

São pequenos nós que acontecem quando um fio enrosca nele mesmo (ou no fio ao lado), amarrando-se de um modo bem apertadinho, que não dá pra desatar. Geralmente, esse tipo de nó acontece nas pontas, mas também pode acontecer no comprimento do fio.

Muitos fatores podem contribuir para o aparecimento dos nós de fada, porém, a estrutura do fio pode ser um fator determinante: cabelos cacheados ou crespos costumam sofrer bem mais com esses nozinhos, já que sua curvatura favorece o movimento de “enroscar” um no outro.

Mas outros tipos de cabelo também podem sofrer com os nós de fada, dependendo dos hábitos, rotina de cuidados e condições climáticas (cabelos ao vento? Dá-lhe nó!).

nós de fada
Visão ampliada de um nó de fada / Visão real de um nó de fada. Créditos: na imagem.

Como evitar os temidos nós de fada?

Alguns cuidados podem ser tomados para que seus fios minimizem a incidência dos nós de fada. Confira alguns cuidados:

  • Pontas sempre em dia: procure aparar as pontinhas dos seus cabelos regularmente. Pode ser um bom corte bordado (que é até melhor nesses casos) se não quiser abrir mão do comprimento e formato do corte dos fios;
  • Capriche na nutrição! Os óleos contidos nas máscaras de nutrição e nos rituais de umectação são incríveis para minimizar os nós de fada. Isso porque formam uma película maleável e “escorregadia” na superfície da fibra, que dificulta o trabalho de “entrelaçamento” do nó;
  • Evite água muito quente! O frizz e o ressecamento causados pela temperatura da água são prato cheio para o aparecimento de nós. A eletricidade estática dos fios ativará esse tipo de problema com mais facilidade;
  • Utilize fronhas de cetim: esse tecido é o ideal para manter os fios com a estática minimizada enquanto você dorme. Isso significa que ele não deixa os cabelos tão “bagunçados” como as fronhas de algodão, por exemplo;
  • Evite dormir com os cabelos soltos. O ideal é prendê-los em um coque alto, tipo “abacaxi”. Se os cabelos forem curtos, uma touca de cetim também pode ser uma ótima pedida;
  • Sempre desembarace seus fios durante o banho ou antes de finalizar, para garantir que eles sequem mais modelados e com menos frizz;
  • Utilize leave-ins, óleos e séruns sem enxágue que reparem e protejam as pontas dos fios (inclusive com proteção térmica);
  • Algodão? Só para secar! Se por um lado é ruim dormir com fronhas de algodão, por outro, esse tipo de tecido (junto à microfibra) são aliados perfeitos na hora de secar as madeixas. Dê preferência para texturas como as de camiseta de algodão velhinhas ou toalhas lisas de microfibra (esqueça as toalhas comuns felpudas).

O que eu faço com os nós de fada já existentes?

Dá para desfazer um nó de fada? Até dá. Mas pense no trabalhão que dá ficar com uma agulha, tentando acertar o centro do nó para desfazê-lo? Isso sem falar que a estrutura do fio acaba ficando amassada e já não retoma seu formato anterior. É como se o cabelo ficasse “machucado” após um nozinho desses.

O ideal, então, é prestar atenção nos cuidados preventivos e ir aparando as pontas dos cabelos sempre que possível, assim você elimina os nós feitos aos poucos e, de quebra, absorve novos hábitos para prevenir este e tantos outros problemas.

nós de fada - penteado pratico para cabelos crespos
Um bom penteado para evitar os nós de fada quando sair é prender bem alto ou fazer um coque. Evita a manipulação excessiva e o vento embaraçando.

Você pode gostar também de:

Siga-nos!
RSS1k
Follow by Email76
Facebook0
Twitter2k
LinkedIn768
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curtiu? Compartilhe!