Cabelos

Bye, bye, frizz!

Sabe aquele efeito “arrepiado” que o cabelo tem e que o deixa com aspecto totalmente sem forma e bagunçado? Esse é o tal do frizz. Arriscamos dizer que o frizz ainda é um dos incômodos mais temidos por quem ama cuidar das madeixas. Ele pode ser causado por diversos fatores:

  • uso exagerado de secador e chapinha;
  • água quente;
  • ação climática;
  • falta de tratamentos profundos;
  • etc.

Se você busca por dicas para cuidar e se livrar de vez dos cabelinhos arrepiados, esse post  é especial para você. Confira nosso guia da vida sem frizz!

Afinal, como o frizz acontece?

Geralmente, o frizz é causado por uma estrutura capilar + algum tipo de dano + cutículas demasiadamente abertas + ação da eletricidade estática. Tudo isso forma uma “atmosfera” entre os fios que promove atrito e faz com que os fios comecem a se repelir entre si, afastando-se uns dos outros e ficando com esse efeito arrepiado. Como dissemos anteriormente, vários hábitos e fatores contribuem para isso e o ideal é que aprendamos a lidar com tais hábitos para evitar o frizz. Porém, mesmo que o cabelo esteja frizzado, o efeito pode ser minimizado durante o dia.

frizz como evitar o temido efeito arrepiado

Frizz e volume são a mesma coisa?

Eis um grande ponto de questionamento (principalmente entre as cacheadas): gostar do frizz e gostar do volume, dá no mesmo? E a resposta é: não necessariamente. Claro que você pode (e deve) amar os seus fios do jeito que são, mas frizz e volume são coisas distintas e a diferença principal está no aspecto que o cabelo apresenta.

Um cabelo volumoso, tendo definição ou não, tende a apresentar sua modelagem desde a raiz até as pontas de maneira uniforme. Você vê que é a estrutura do fio que está estimulando o volume e ele se encontra saudável por inteiro. Porém, um cabelo com frizz apresenta um arrepiado disforme, bem bagunçado, sem formato e muitas vezes com um aspecto mais opaco e sem balanço. E não se engane: o frizz não tem apenas a ver com a “beleza” do visual dos cachos e crespos. Ele também tem a ver com saúde e carência de tratamentos profundos para manter as molinhas sempre com vida e movimento. Alguns tipos de cabelos cacheados e crespos têm uma estrutura natural mais propícia à formação de frizz. Se você tem dúvidas se é o seu caso, confira nosso post sobre tipos de cabelos cacheados.

Cuidados ao escolher pentes e escovas!

Fique de olho nos melhores tipos de acessórios para pentear e cuidar dos seus cabelos, evitando a formação de frizz!

Os óleos amigos dos fios!

Quem tem o cabelo com tendência ao frizz pode contar com uma “amiga” poderosa na hora de cuidar das madeixas: a nutrição!

Pode ser com uma boa máscara bem rica em óleos, pode ser umectação com óleo 100% vegetal, pode ser o hábito de finalizar os fios com um bom óleo protetor… O importante é sempre estar atenta à reposição lipídica dos seus cabelos. Os óleos ajudam a equilibrar a carga energética e a diminuir a eletricidade estática. Eles também auxiliam no “peso” natural do fio, que o manterá sempre no lugar e sem armar. Por fim, os óleos formam uma espécie de película protetora na superfície dos fios, mantendo as cutículas fechadas por mais tempo. Então, capricha na etapa de nutrição do seu cronograma capilar! Inclusive, aumente a quantidade de vezes dessa etapa em seu cronograma caso esteja em um período de formação intensa de frizz. Confira nosso post sobre Cronograma Capilar para mais dicas.

frizz como evitar o temido efeito arrepiado

Finalize bem!

Os finalizadores são as estrelas do show na hora de combater o frizz! Mesmo que você tenha cabelos lisos e com tendência à oleosidade, o ideal é buscar um bom finalizador ou protetor que seja específico para o seu cabelo e tenha uma fórmula leve e equilibrada. Se seus fios, por outro lado, são ressecados, cacheados ou crespos, busque por finalizadores mais cremosos ou até mesmo uma mistura bem dosada de creme e óleo para finalizar e manter os cabelos selados entre as lavagens. O importante aqui é escolher o produto certo para manter os fios protegidos e com o peso ideal para que o frizz não tenha vez.

Você pode gostar também de:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *