Cabelos

Cabelo platinado: todo cuidado é pouco!

Cabelo platinado é mesmo um charme! Quem decide clarear os cabelos até o nível “claríssimo” sabe que vira um vício e, claro, chama a atenção por onde passa. Não é à toa que tantas celebridades já se aventuraram nesses tons.

Existe, porém, uma máxima que é importante atentar-se: clareou? Tem que tratar MUITO! De todos os tons de loiro, o loiro platinado (tons muito claros) precisa de reposição constante de massa (reconstrução capilar), muita nutrição (que ajuda a selar e manter o fio nutrido por completo) e delicadeza para não correr risco de quebra ou corte químico em futuros procedimentos. Vamos hoje conhecer um pouco dos cuidados que esse tipo de cabelo requer?

O que é o cabelo platinado?

O cabelo platinado é aquele que alcança o tom mais claro possível que um fio pode chegar. Sim, a massa melanínica (massa de cor) é removida praticamente inteira. Há quem chame esse tom de “branco”, porém, suas nuances podem variar. Pode ir do acinzentado bem frio, para o “neve” (levemente azulado), passando por nuances suaves de rosado ou dourado.

O que diferencia um cabelo platinado do outro é, além do tom de fundo (frio ou quente), a forma como ele é feito: global? Mechas? Degradê? Com a raiz esfumada? Enfim: o que importa é saber como fazer, com segurança e como manter sempre saudável!

cabelo platinado em tom frio

Como acontece o clareamento do fio?

Como já comentamos em outros posts, o clareamento acontece pela reação química do peróxido com compostos da amônia. Ou seja: ele é sempre feito com uma mistura que visa retirar a massa melanínica dos fios (a camada de cor natural).

A camada de massa colorida é uma das mais densas do fio e, por isso, o procedimento torna o cabelo tão frágil e fino. Sendo assim, a reposição de massa deve ser a etapa mais bem executada no cronograma capilar das loiras em geral.

Quando o clareamento resulta em tons diferentes…

Nem sempre os cabelos clareiam de uma mesma forma e, mesmo em uma só cabeça, cada parte pode reagir à mistura de maneiras diferentes. Por exemplo: o topo pode clarear mais rápido do que o restante, assim como as têmporas, a nuca, etc. Cada cabelo é uma sentença e é por isso que um profissional especializado em colorimetria é o mais indicado! Com segurança para seus fios e sua saúde e com garantia plena de satisfação pelo resultado.

como fazer um cabelo platinado?

Como cuidar de cabelo platinado?

Para cuidar de um cabelo muito claro, como os platinados, o ideal é tratá-lo sempre! Sim, a frequência dos tratamentos é muito importante, bem como a qualidade dos produtos utilizados. Lembre-se que usar (bons) produtos específicos para o seu tipo de cabelo é um dos pontos que pode garantir melhores resultados! Eles vão proporcionar não só a reposição da massa e dos nutrientes perdidos, mas também ajudarão a manter o tom dos fios do jeitinho que você quer e com um mínimo de oxidação.

Como fazer um cronograma capilar em cabelos loiros?

Um bom cronograma de tratamento para cabelo platinado deve ser estruturado da seguinte maneira:

  • hidratação deve estar na rotina capilar de qualquer mulher, independentemente se o cabelo é colorido. Então, para fios claríssimos, pode encaixar máscaras de hidratação na lavagem, podendo até substituir alguns condicionadores por máscaras hidratantes de ação rápida para realizar o tratamento no chuveiro mesmo;
  • a nutrição deve conter rotinas com cremes ricos em óleos e manteigas. Principalmente umectações constantes para que a camada lipídica dos fios ganhe força redobrada! Alterne com as hidratações na frequência que você sente que não irá pesar nem dar efeito rebote em seu tipo de fio. Opte por óleos leves como coco, argan, semente de uva e manteiga de cupuaçu;
  • a reconstrução deve ser, no mínimo, semanal! E nada de economizar nos produtos: invista em máscaras de reconstrução capilar potentes e ricas em proteínas para que os fios tenham uma melhor absorção dos ativos e uma regeneração mais completa.

loiro platinado dourado

Como lavar cabelos loiros

Para os cabelos platinados os shampoos devem ser especialmente selecionados. Opte por shampoos que não contenham sal (cloreto de sódio) na composição e, se possível, utilize algum que não tenha Lauril Sulfato de Sódio também. O excesso de sulfato não apenas prejudica a cor, como abre demasiadamente as escamas dos fios, levando à fragilidade, danos, quebra e opacidade. 

O ideal é que você invista em shampoos para cabelos loiros e também alterne lavagens com produtos para cuidados de cabelos danificados e frágeis. Co-washs para o dia a dia também são bem vindos (lavagem dos fios com um condicionador liberado). Assim, cada necessidade do seu cabelo será atendida com sucesso.

E o shampoo matizador?

Shampoo matizador também é muito importante, apenas tome o cuidado de não usá-los diariamente. Sempre intercale os shampoos utilizados para que cada lavagem trate uma necessidade diferente.

Como fazer o retoque do cabelo platinado?

Cabelo platinado é uma prova de fogo para quem pensa que o cabelo não cresce muito em um mês. Tente clarear seus fios e, em uma semana, você já poderá ver sua raiz mais escura! Tenha calma e lembre-se que um período de pausa bem seguro para químicas severas varia entre 45 a 60 dias (no mínimo). O ideal é que se retoque uma raiz crescida a cada 3 meses mesmo,  sem jamais levar produto para a parte já clara dos fios.

Escolha um profissional com referências!

Outra dica já bem falada por aqui, é: não tente fazer isso em casa! Tons claríssimos exigem um profissional de confiança, muito estudo e mescla de técnicas diferentes para um bom resultado. Por isso, quando for retocar, agende um horário no salão, explique como está a saúde dos seus fios, os produtos que você usa e, claro, confie que o retoque só será feito na parte crescida mesmo.

platinado rosê + cinza

Cabelo platinado pode usar finalizador?

Sim! Desde que, é claro, você tenha o cuidado de escolher produtos específicos para a condição do seu cabelo. Existem leave-ins super leves, alguns até com algum fator de matização leve (para manter o tom), enfim. Pesquise com cuidado, teste e sempre proteja seus cabelos ao finalizar! 

Atenção à chapinha, secador e cacheadores!

Um cuidado especial é na hora de usar chapinhas, secadores e cacheadores. Em fios claríssimos, o contato direto do calor causa a alteração da cor e acelera o processo de oxidação. Ou seja, seu fio ficará num tom amarelo ou alaranjado mais rápido. Deixe para usar esses aparelhos apenas em dias de cauterização e, de preferência, sob a batuta de seu cabeleireiro amigo, ok? Esse tipo de finalização pode ressecar e causar ainda mais danos a cabelos já tão suscetíveis a problemas. Todo cuidado é pouco e é sempre melhor optar por proteção que por embelezamento sem tratamento.

Atenção: em dias que você precisa de um penteado específico e é inevitável usar esse tipo de aparelho, use! Mas não esqueça de um bom protetor térmico antes.

E a matização?

Para saber como matizar seus fios corretamente e como deve proceder com tonalização, visite nosso post especial que fala tudo sobre o assunto!

E então, curtiram as dicas? Tem mais alguma coisa que você faça para manter as madeixas bem clarinhas e saudáveis? Conte para nós, adoramos aprender mais com vocês também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *