CabelosTutoriais e Receitas

Babosa / Aloe Vera: pele e cabelos!

A Babosa é uma planta muito conhecida aqui no Brasil, não é verdade? E há muito tempo é utilizada para fins cosméticos e de saúde. Sabia que apesar dos inúmeros benefícios, existem riscos também?

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre a babosa, grande aliada nos tratamentos de beleza para cabelos e pele! Vem com a gente pois o post está “baboseira” pura!

O que é a Babosa?

Babosa é o nome popular pelo qual são conhecidas as plantas da espécie Aloe! E sim, Aloe Vera e Babosa são a mesma coisa! Porém, não é apenas a Aloe Vera que encontramos nos jardins por aí afora! Existem no mundo cerca de 400 tipos de Aloe. Aqui no Brasil encontramos 3 espécies predominantes: Aloe Vera (ou barbadensis), Aloe Maculata e a Aloe Arborescens. Elas podem estar aí mesmo, plantadinhas no seu quintal, e o que mais vai diferenciá-las umas das outras é o tipo de folha e o tipo de “gel” que contém em seu interior.

babosa - quais os tipos de aloe vera no brasil

Babosa nos cabelos e na pele

É muito importante frisar que, para qualquer tipo de tratamento cosmético que façamos, a parte da planta a ser utilizada é sempre a parte gelatinosa (de dentro), nunca a folha (a parte verde).

Mas a babosa não é tóxica?

Estudos já apontaram que a casca da babosa possui concentração de substâncias tóxicas capazes de causar irritações cutâneas, hipersensibilidade e outros efeitos adversos. A principal dessas substâncias é a Aloína, que doa uma coloração amarela e um cheiro forte característico à babosa.

A Aloína não é necessariamente fatal como vemos tantas pessoas disseminandoí, porém, ela pode causar complicações em quem possui hipersensibilidade ou alergia. No consumo, a Aloína é a responsável pelo efeito “laxante” de alguns medicamentos manipulados, mas sempre de forma controlada e em ação conjunta a outros componentes (não vá tomar puro, hein). De qualquer forma, para minimizar a incidência de aloína na polpa / baba da Aloe a ser utilizada, basta deixar a parte gelatinosa retirada da Babosa em descanso na água gelada por 10 minutos.

o que é aloína

E para que a Babosa serve?

Essa plantinha milagrosa possui muitas funções! Mas para uso em cabelo e peles ela tem os poderes de:

  • regeneração celular;
  • ação antioxidante;
  • equilíbrio da produção de oleosidade;
  • capacidade de reter água no interior dos tecidos.

Ou seja: ela é altamente hidratante, calmante e cicatrizante!

Babosa em feridas?

Sim, ela é muito conhecida pelos mais antigos nos tratamentos de feridas ou queimaduras (incluindo insolação) por causa da sua capacidade de combater as inflamações da pele e parar o processo de infecção por ação bacteriana. Na pele, ela realmente faz tudo isso e muito mais: doa mais elasticidade, combate linhas de expressão e o processo de envelhecimento da cútis, ajuda nos tratamentos antiacne e funciona como uma máscara “detox” perfeita!

babosa na pele

Como usar babosa nos cabelos

Já para nossos queridos cabelos, a Aloe pode ser utilizada de duas maneiras: 

  • nos fios: como aditivo enriquecedor nas suas máscaras favoritas, ela irá otimizar a absorção dos ativos e reter a água dentro do fio por muito mais tempo;
  • no couro cabeludo: se aplicada diretamente na região, combate a caspa, a seborreia, equilibra a oleosidade e desobstrui folículos, ativando a circulação e beneficiando o crescimento saudável do cabelo.

Ela serve para emagrecer?

Eis um ponto importante quando falamos de Babosa: sua “fama” de ser ótima para ingestão via oral no combate ao sobrepeso e até para tratar problemas estomacais.

Existem muitas contradições sobre os benefícios da Aloe Vera quando ingeridas, porém, há uma unanimidade: das espécies encontradas no Brasil, NENHUMA é indicada para consumo. Isso mesmo! Não se deve consumir essa babosa que temos cultivada em casa. A única espécie considerada segura para ingestão é a Aloe Barbadensis Miller, originária da América Central e comercializada no exterior para uso em sucos e fórmulas de indicação médica. Então, se a sua Aloe não é “importada” ou processada, da espécie correta, é melhor não correr o risco!

Se você tem acesso à espécie indicada, a Barbadensis Miller, pode sim ter bons resultados se acrescentá-la à sua rotina de alimentação, em pequenas quantidades, visando a absorção da gordura “ruim”, diminuição dos níveis de glicose e aumento do metabolismo (que é o que ajuda em dietas para emagrecimento).

Mas como devo utilizar a Babosa na rotina de beleza?

Vamos voltar ao foco: beleza! Existem diversas formas de utilizar a Babosa para obter seus benefícios para a pele, cabelos e até mesmo unhas!

Vamos dar algumas receitinhas bem legais agora mesmo, mas reiteramos: sempre utilize a parte do Gel da babosa e nunca a folha. Por precaução, teste a aplicação do gel puro em alguma parte do seu corpo para observar alguma reação (vale o teste de mecha também). Se estiver tudo certinho, tome nota das nossas sugestões:

Detox “Rapunzel”

Para seu couro cabeludo ficar bem saudável e seu projeto Rapunzel ter uma mãozinha a mais, você pode seguir a receitinha:

  • gel de babosa;
  • uma colher de café de açúcar;
  • uma colher cheia de óleo de coco.

Aplique apenas na região do couro cabeludo com a ponta dos dedos, em movimentos circulares. Faça isso até que todo o couro cabeludo esteja envolvido e massageado! Pause por meia hora e lave os cabelos normalmente (pode ser feito em dias pré-tratamento de hidratação ou nutrição do seu cronograma capilar).

receita de babosa pra crescer cabelo

Hidratação Power

Para fios muito hidratados e brilhantes, faça a seguinte receitinha:

  • 2 colheres cheias do seu creme branco favorito;
  • Meio copo de seiva de Babosa (bata o gel no liquidificador ou mixer);
  • 1 colher de óleo de coco;
  • 1 colher de glicerina.

Misture tudo até formar uma pasta homogênea (confira se a babosa se integrou completamente à mistura). Aplique nos cabelos lavados, mecha a mecha, enluvando bem. Pause por meia hora e depois enxague com água abundante. Pode condicionar os fios e, depois, finalizar como de costume.

Babosa nas unhas?

Preciso dessa preciosidade em casa! Como posso plantar?

A Babosa é uma espécie de “suculenta” super fácil de plantar e manter. Com um pouco de amor e carinho, você pode ver seu jardim virando uma “baboseira” frondosa! 

Para isso, você precisa ter algum solo que seja fofo, permeável e bem drenado. Se for plantar em um vaso, opte por um modelo amplo e grande, pois ela pode crescer bastante (principalmente se for a Aloe Vera ou a Maculata). Você pode fazer o plantio do broto ou até mesmo da folha, porém, se for usar a folha deve respeitar um período de “cauterização” de uma base cortada antes de enterrá-la.

Plantio da folha: enterre cerca de ⅓ de seu tamanho na terra;

Plantio do broto: cubra completamente as raízes e ¼ da planta.

A babosa não precisa de muita água e não tem afinidade com solo encharcado, então, você precisa regá-la apenas quando a terra estiver completamente seca. Ela pode ser mantida em ambientes com luz total ou parcial, sem problemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *