Seu Mundo, Seu Jeito

Outubro Rosa: vamos juntas?

Estamos quase no fim de outubro e, como bem sabemos, passamos com todas as pompas pelo Outubro Rosa. Sim, sabemos que você já viu todo tipo de informação por aí, mas não poderíamos deixar a nossa parte de lado em um assunto tão delicado, afinal, lidamos com beleza, autoestima e, por consequência, saúde!

Você sabe a origem do Outubro Rosa?

A campanha Outubro Rosa teve origem nos Estados Unidos, por volta de 1990. Surgiu em movimentos sociais que organizavam a Corrida Pela Cura. Porém, apenas por volta de 1997 o Congresso oficializou o movimento e fez de Outubro um mês inteiro dedicado à sensibilização e prevenção do câncer de mama.

No Brasil, a campanha chegou em 2002 e, por volta de 2011, o movimento absorveu também partes da campanha de conscientização e prevenção de câncer do colo do útero. Num geral, podemos dizer que são dias importantes para cuidar e repensar nossos cuidados com a saúde feminina.

Outubro Rosa - cuidados e dicas

Exames e Dicas

Durante todo esse mês você verá várias informações sobre as doenças:

  • Como identificar fatores de risco;
  • Quais são as alterações físicas;
  • Importância da detecção precoce das doenças;
  • Importância do rápido tratamento.

É importante prestar atenção, pois quanto antes o câncer de mama (ou do colo de útero) for diagnosticado, mais eficaz será o tratamento e maiores serão as chances de cura.

Dois exames específicos são solicitados:

Mamografia = para verificação de anormalidades na saúde das mamas e detecção de câncer nesta região;

Papanicolau = para averiguação de alterações do colo do útero.

O ideal é que esses exames sejam feitos, pelo menos, uma vez ao ano (ou sempre que sentir algo “diferente”). Os sinais de alerta variam entre:

  • Dores nas mamas;
  • Caroços;
  • Inchaços fora do período menstrual;
  • Secreções e/ou lactações anormais;
  • Cólicas incomuns;
  • Corrimentos com cor e cheiro acentuados, etc.

O importante é estar sempre atenta aos fatores de alteração física e consultar um médico quando necessário.

O autoexame de Mamas

Outubro Rosa - cuidados e dicas

A importância do autoexame, além de poder identificar sinais de problemas, agrega conhecimento e valor ao seu autoconhecimento e autoestima. Conhecer-se é sempre a melhor solução. Por isso, faça o exame de toque das mamas e esteja atenta aos recados do seu corpo.

E você, já doou atenção e carinho a si mesma hoje? Vamos juntas!

 

Você pode gostar também de:

Compartilhe nas redes sociais
0
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

Gostou do Blog? Compartilhe com amigos!