Cabelos

Day After: capriche no seu borrifador!

como fazer um borrifador para o day after

Quem é cacheada sabe que o borrifador é um dos melhores amigos do dia a dia. Claro que, atualmente, já existe no mercado uma centena de produtinhos spray específico para quem tem esse tipo de fio e deseja revitalizá-los durante o dia, no dia seguinte (day after), após a praia e a piscina, etc. Nem sempre, porém, temos à mão um sprayzinho amigo, né?

É aí que descobrimos as várias misturas que podemos fazer para ter um borrifador do jeitinho que a gente gosta.

Como fazer um spray para Day After?

Basicamente, duas partes de água e uma parte de mistura dos finalizadores favoritos. Pode ser o seu creme, um óleo, vitaminas, etc. Mas, cuidado! Nem todo produto fica legal na hora de compôr seu borrifador caseiro. Alguns produtos podem alterar suas fórmulas e reagirem de forma a “talhar” a sua mistura e aí já era: nem o borrifador fica bom, nem o produto pode ser recuperado. Sempre faça um teste antes de fazer a mistura total, só para garantir que seu spray ficará bom.

Dicas para o Spray do Day After

Uma dica muito bacana é a de diluir qualquer creme para pentear (sabe aquele muito denso?) em soro fisiológico, para deixá-lo mais fluido e otimizar o desempenho em fios enxutos ou secos.

como fazer um borrifador para o day afterOutro ponto de atenção é: utilize sempre produtos próprios para finalização dos fios na hora de compôr seu borrifador caseiro. Não utilize máscaras de tratamento ou condicionadores, já que eles possuem fórmulas próprias para serem enxaguados após o tempo de ação.

Caso você use algum óleo vegetal em sua mistura, tenha em mente que a validade (por se tratar de um produto 100% natural e sem conservantes) é menor do que quando utiliza-se um óleo industrializado, por exemplo (siliconado, não mineral). O ideal é fazer a mistura em pequenas quantidades, para ser utilizada em, no máximo, 4 dias. Depois disso, faça uma nova mistura. Siga assim, sempre modificando os ingredientes de acordo com seu gosto e necessidade.

Cuidado com misturas “proteicas”

Evite também saturar sua mistura com produtos muito “proteicos” (aqueles geralmente usados em reconstrução capilar). Queratina líquida, por exemplo, é algo que não deve ser utilizada em misturas dessa natureza. No máximo algum creme com proteínas e aminoácidos, mas evite o produto “bruto”, tal e qual é utilizado em selagens e reconstruções térmicas.

Receitinha infalível

Não poderíamos deixar de passar uma receitinha que deu super certo por aqui, é claro:

  • Duas partes de água filtrada ou de soro fisiológico;
  • Creme para Pentear de sua preferência (duas colheres);
  • Óleo de mamona / rícino (uma colher);
  • D-Pantenol líquido (daqueles vendidos em farmácia – uma colher rasa).

Misture tudo e assegure-se de que o resultado não fique tão cremoso, mas também não tão ralo. Por causa do óleo de rícino, sempre que for utilizar, agite vigorosamente o frasco antes de borrifar sobre os fios.

Só isso. Simples, né?

E vocês, tem o costume de fazer misturinhas para o borrifador? O que estão usando ultimamente? Preferem fazer seus próprios sprays ou optam por finalizadores já prontos? Conta pra gente, adoramos saber e queremos testar novas “fórmulas”!

Beleza Simples: o Portal da Beleza Descomplicada!

Você também pode gostar de:

Compartilhe nas redes sociais
0
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

Gostou do Blog? Compartilhe com amigos!