Cabelos

Como saber qual é o seu tipo de cabelo?

Sabemos que cada cabelo é uma sentença e hoje encontramos uma infinidade de produtos específicos para cada um. Dos mais finos aos mais densos, com frizz ou sem frizz, com ou sem química, cabelos normais, mistos, etc… É uma loucura acertar no produto par cada tipo de cabelo! Por isso, o post de hoje vai falar um pouco sobre os 4 tipos mais comuns!

CABELO OLEOSO

tipo de cabelo - oleoso

Seu cabelo é oleoso e, provavelmente, você vive em luta contra o excesso de “sebo” nos fios, certo? Especialmente junto ao couro cabeludo, claro, que é de onde a oleosidade surge e costuma se acumular com muito mais facilidade. Os fios oleosos são aqueles que praticamente imploram por lavagem diária, pois ficam facilmente grudados e com aspecto pesado ao final do dia.

Como cuidar de cabelos oleosos

Para combater esse problema e tratar com muito carinho os seus fios, opte por shampoos transparentes, detox e purificantes para a utilização no dia a dia. Evite também usar água muito quente pois ela pode acentuar a produção da oleosidade. E por mais que você sinta vontade, tente não lavar os fios mais de uma vez ao dia! Assim você evita o temido efeito rebote, que é quando o cabelo entende o excesso de “adstringência” como agressão e passa a produzir ainda mais oleosidade para combatê-la. Produtos à base de extratos de frutas, hortelã, ginseng, canela, erva doce e menta são ideais para acalmar e cuidar desse tipo de cabelo.

CABELO MISTO

tipo de cabelo - misto

Pode não parecer, mas eis o tipo de cabelo mais comum de todos: o misto! Você já deve ter ficado em conflito com a “bipolaridade” do seu cabelo, já que você não se encaixa em nenhum tipo. Mas mantenha a calma pois sim, seu cabelo é bem comum e pode ser cuidado! Com raiz oleosa e pontas secas, os cabelos mistos sempre deixam a dúvida sobre “limpar bem e ressecar mais as pontas” ou “tratar o ressecamento do comprimento e pontas, mas piorar a oleosidade do couro cabeludo”. É aí que aparece o truque: utilize os produtos certos nas áreas corretas, cada um no seu quadrado.

Os produtos mais indicados para cabelos mistos

É importante utilizar linhas com ativos purificantes e hidratantes, como o extrato de cavalinha, vitaminas (como a Pró B5) e produtos ricos em sais minerais, com pH neutro. Lave os fios de dois em dois dias para equilibrar a produção de óleo e acalmar as pontas, dando tempo para que “respirem”.

Reparadores de ponta sempre que sentir necessidade! Mas evite aplicar no comprimento e raiz, obviamente. O condicionador pode e deve ser utilizado em todas as lavagens, com o cuidado de evitar encostar produto próximo ao couro cabeludo.

Semanalmente, as máscaras hidratantes com ação purificante são as mais indicadas. Vale alternar com máscaras nutritivas de fórmulas mais leves (sempre com ativos como óleos de coco ou argan, por exemplo). Evite produtos à base de manteigas e óleos mais densos.

CABELO NORMAL (sem necessidades especiais)

tipo de cabelo - normal

Você não tem grandes problemas ao lidar com o próprio cabelo? Se sim, você provavelmente tem o que chamamos de cabelo normal. Não que os outros sejam “anormais”, longe disso! O nome vem apenas pelas características dos fios, que são muito próximas ao que se considera “ideal” para um cabelo natural.

O que é um cabelo “normal”?

Também conhecido como “cabelo sem necessidades especiais”, este tipo de fio geralmente possui essas características:

  • equilíbrio total de pH;
  • produção de sebo normal (que não causa saturações ou aspecto de peso);
  • pouco ou nenhum frizz;
  • sem tendência ao ressecamento.

É um dos mais raros e, em geral, é identificado nas crianças (já que o cabelo ainda está em “estado puro” e sem grandes danos).

Cuidados para cabelos “normais”

Uma rotina ideal não tem muitos segredos:

  • lavar três vezes na semana já é o bastante para mantê-lo sempre limpo e saudável;
  • condicionador em todas as lavagens;
  • cremes de tratamento hidratantes uma vez na semana, com tratamentos profundos a cada 20 dias!

CABELO SECO

tipo de cabelo - seco

Eis um tipo de cabelo que muitas pessoas irão se identificar! Os cabelos secos são mais comuns em fios crespos e cacheados, porém, também tomam conta de cabelos que usam e abusam de água do mar, piscina e muitas químicas de transformação, independente da textura original.

É um tipo de fio que sofre de ressecamento desde a raiz, com dificuldade estrutural para que a oleosidade percorra toda a haste.

Como cuidar de cabelos secos

Para cuidar de cabelos secos é necessário investir em produtos com alto poder de nutrição. A lavagem deve ser feita sempre com shampoos mais cremosos, com ativos que reponham a hidratação e equilibrem a oleosidade.

Vale lembrar que esse é o tipo de cabelo que mais requer umectações frequentes (falamos sobre umectação aqui)! Isso porque há uma maior necessidade de lidar com o frizz e cuidar das pontas. São os cabelos que mais necessitam de leave-ins! Principalmente aqueles de consistência mais densa. Cuidando com muito amor e carinho, não há ressecamento que resista!

Dica extra:

Cada um dos 4 tipos descritos aqui podem abranger cabelos com curvaturas diferentes. Ou seja: um cabelo cacheado pode ter tendência a ser misto. Ondulados podem ser oleosos, lisos podem ser secos e etc. O importante é perceber como seu cabelo se comporta no dia a dia e entender quais as suas principais características (aspecto, toque, textura, formação de frizz e comportamento após lavagem e máscara).

E aí, conseguiu identificar o seu?

Você pode gostar também de:

Compartilhe nas redes sociais
0
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

Gostou do Blog? Compartilhe com amigos!