Cabelos

Co-Wash: limpeza delicada para seus fios

Como fazer Co-Wash

Vamos falar de técnica boa? Vamos falar de saúde capilar? Vamos? Sim, vamos! O post de hoje é para você que já sabe mais ou menos como funciona o No Poo e o Low Poo, mas ainda está tentando entender melhor o termo Co-Wash. Qual o papel dele dentro das técnicas? Qual a importância para a saúde dos nossos fios?

Pra começo de conversa: o que é Co-Wash?

Simples: Co-Wash é uma técnica de higienização do couro cabeludo e dos fios, realizada apenas com o condicionador. É mais utilizada pelas adeptas de rotinas que dispensam o uso de shampoos e surfactantes, porém, cada vez mais utilizada por todos que queiram (mesmo que às vezes) manter os fios limpos, mas sem a ação adstringente que os shampoos doam.

Todo mundo pode fazer Co-Wash?

A técnica do co-wash é, sem dúvidas, muito mais conhecida e disseminada entre as crespas e cacheadas, mas não propositadamente: antes de se tornar conhecida por esse termo em inglês, a técnica já fazia parte da rotina de cuidados de quem tem molinhas e crespinhos. Ou vamos negar que nunca nos vimos na situação de “preciso limpar meus fios, mas lavei com shampoo ontem e estou com medo de ressecar demais, vou passar apenas um condicionador!”. Pois bem: é basicamente isso!

Porém, como dissemos, outros públicos também se beneficiam da técnica. Mesmo que a pessoa não seja crespa, cacheada ou até mesmo adepta do No Poo ou Low Poo, ela pode fazer o Co-Wash entre as lavagens “oficiais” com o shampoo. Nesse caso, é apenas para higienizar os fios de maneira mais leve e evitando uma nova agressão com sulfatos pesados, qualquer seja o tipo do cabelo. Cabelos quimicamente tratados em geral (loiras, tingidas, coloridas, alisadas, etc) costumam encontrar no Co-Wash uma solução para limpar seus fios, sem danificá-los ou fragilizá-los em demasia, evitando a quebra constante e tratando com delicadeza das madeixas que já sofrem suficientemente com químicas.

Gostei! Mas posso utilizar qualquer condicionador?

Não! Eis o grande pulo do gato do Co-Wash: para realizar a higienização correta, deve-se usar um condicionador limpante e, de preferência, totalmente livre de silicones. Hoje em dia o mercado está cheio de opções de condicionadores pensados único e exclusivamente para fazer o Co-Wash. Geralmente, oferecem fórmulas com Anfótero (Cocoamidopropyl Betaine) para realizar a retirada de resíduos mais resistentes, mas sem a ação de nenhum tipo de Sulfato.

Importante: por ser uma lavagem dos fios, o Co Wash não dispensa o condicionamento posterior! Nessa hora, sim, entra em ação o seu condicionador hidratante favorito (lembrando que agora você estará condicionando apenas para fechar as cutículas, portanto evite a raiz).

O que acontece se eu usar um condicionador diferente?

Condicionadores com silicone na fórmula não devem ser aplicados na raiz dos cabelos para não oferecer o risco de entupir os folículos capilares, gerando excesso de oleosidade, caspa, seborreia e demais problemas relacionados ao desequilíbrio da pele nessa região.

Como fazer o Co-Wash?

Para fazer o Co-Wash é muito simples:

  1. Com os cabelos bem molhados, coloque uma boa quantidade de condicionador limpante nas mãos e, com as pontas dos dedos, espalhe o produto e massageie bem o couro cabeludo. Essa etapa é importantíssima: já que uma massagem bem feita é o que garante uma higienização completa. Por isso, esqueça a pressa e dedique um tempo só para essa deliciosa massagem (além de tudo, é relaxante).
  2. Enxágue muito bem para remover totalmente os resíduos do produto, bem como as sujeiras.
  3. Por fim, como já dissemos, aplique novamente um condicionador, mas dessa vez utilize um hidratante, apenas para finalizar o tratamento diário e condicionar seus fios.
Como Fazer Co-wash
 Como Fazer Co Wash – explicativo em poucos passos. Créditos na imagem.

Como escolho um condicionador para Co-Wash?

Para ser um condicionador apto a ser utilizado como Co-Wash, o produto precisa possuir agentes de limpeza, como por exemplo:

  • o já citado Anfótero,
  • Menta (menthol),
  • Melaleuca (tea tree),
  • Alecrim (rosmarinus),
  • Citronela (cymbopogon nardus),
  • Bergamota (citrus bergamia),
  • Ácido cítrico (citric acid).

Estes são os componentes mais comuns entre esses condicionadores.

Não precisamos enfatizar que para fazer Co-Wash seu condicionador deve ser totalmente livre de petrolatos, certo? Certo! Quando for comprar o seu, não esqueça de checar na composição se é livre do Petrolatum, Mineral Oil ou Paraffinum Liquidum. Se houver qualquer um dos três, corra e considere uma próxima opção!

 

Agora que você sabe um pouco mais sobre o Co-Wash, que tal perder o medo e tentar? Certeza que você sentirá seus fios muito mais hidratados, fortalecidos e até mesmo leves! Saúde garantida e cabelos com vida e balanço.

Você pode gostar também de:

Siga-nos!
RSS1k
Follow by Email76
Facebook0
Twitter2k
LinkedIn768
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curtiu? Compartilhe!